O rock de Zé Ramalho e Robertinho de Recife - Eufonia Brasileira - Onde a Música Nacional é Notícia

domingo, 4 de agosto de 2019

O rock de Zé Ramalho e Robertinho de Recife

Foto: Divulgação

Sem alardes, furdúncio ou qualquer coisa que seja, Zé Ramalho e Robertinho de Recife, parceiros de longa data, jogam em um mesmo caldeirão requintes de obscuridade, poesia e solos e riffs de guitarra. Zé, responsável por imprimir em novas canções sua característica voz e violão, ao lado de Robertinho, protagoniza uma das coisas mais criativas da atual música brasileira.

Há boatos que Zé Ramalho e Robertinho de Recife estão com um álbum de rock pronto para lançamento. O fato é que, desde que "Sr.Ozzy", releitura de Mr.Crowley em homenagem ao mestre das trevas, foi ao ar, paulatinamente, outras canções também ganharam vida nos serviços digitais. A primeira foi "Portal das Entidades", inédita canção com letra assinada por Ramalho.

"Deixe o olho revelar, o portal das entidades/O outro lado vai dar no jardim da santidade/O porteiro da verdade o caminho vem mostrar/A longa felicidade nunca mais vai me escapar", diz trecho da faixa.


A outra canção divulgada é "Seja o Meu Céu", uma composição de Robertinho com o poeta tropicalista José Carlos Capinan. A faixa já tinha sido gravada com a voz de Nara Leão em uma sonoridade bastante solar (trabalhada e produzida junto a Fausto Nilo e Raimundo Fagner) e lançada em um longínquo 1981 no disco "Romance Popular", com edição da Phillips Records.

A versão de Zé e Robertinho mantém, de certa forma, a atmosfera solar, porém com maior agitação por conta do enquadramento metaleiro ao mesmo tempo que, em certos momentos, a voz de Zé Ramalho intensifica a ideia filosófica mística da letra.

As duas músicas estão no ar em todas as plataformas digitais de forma independente, mas não é certo dizer que as faixas serão parte de um futuro projeto maior. Em abril, Robertinho de Recife chegou a declarar ao Globo que tem sim um disco pronto com Zé Ramalho, porém que não sabe se realmente vai lançar.

"Tem um disco de rock gravado, com 12 faixas. Mas acho que não vamos lançar um CD, não se faz mais isso. Vamos lançar as músicas aos poucos, possivelmente. Tem uma pressão em cima da gente, do meu empresário, do empresário do Zé, por disco, show, DVD, mas não adianta. Isso é entre nós dois", revelou.

Aos poucos ou não, que venham mais e mais músicas desta dupla que continuam a não nos decepcionar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial