Espia Só #01: Silva com Ludmilla, Romero Ferro com Duda Beat, Papisa, Brisa Flow, Mazuli com Sofia Freire

Foto: Divulgação


Para destacar os singles lançados recentemente nas plataformas digitais, criamos a seção Espia Só, que vai ao ar todo domingo aqui no Eufonia. Confira os destaques da primeira edição:

Silva e Ludmilla

O cantor e compositor capixaba resolveu curtir a praia, mas não foi sozinho e, sim, em companhia com Ludmilla. A faixa em questão é "Um Pôr Do Sol Na Praia", canção de requintes leves, calcados no cavaquinho de Pretinho da Serrinha e batidas do produtor Nave, que leva contemporaneidade ao lançamento. A música conta ainda com naipe de sopros e metais arquitetados por Bruno Santos.



Romero Ferro e Duda Beat

"Corpo em Brasa", single de beats eletrônicos construídos juntos de um tecnobrega sintético marcam a parceria entre os pernambucanos Romero Ferro e Duda Beat. A composição é assinada por Barro, Duda e Romero, com produção assinada por Leo D.



Papisa 

Mais um passo em direção ao seu álbum de estreia, Papisa lança "Terra". A música, que não poupa os seus ouvidos de elementos eletrônicos e sintetizadores, sucede "A Velha" e "Roda". “‘Terra’ trata da efemeridade da vida e questiona o materialismo e o apego. Ela aborda o fim da existência como algo natural, uma transformação, evocando o clima ritual que circunda o projeto”, explica a cantora.



Brisa Flow

Canção presente em "Selvagem Como O Vento", segundo disco de estúdio da Brisa Flow, "Fique Viva" ganha videoclipe gravado na reserva indígena de TekoayvyPora (SP). “A ideia de gravar o clipe na aldeia consiste em deixar vivo os ensinamentos dos nossos ancestrais. É sobre futuro, sem esquecer do passado. É sobre demarcar pra manter nossa vida e cultura vivas. Indígena futurismo dentro da aldeia e no contexto urbano”, explica a artista. O clipe tem direção assinada por Talita Brito e expõe mensagem contra o genocídio da população indígena.



Mazuli e Sofia Freie

Como o mar que varia de intensidade a todos os momentos sem que exista algum tipo de controle, o tempo é o assunto tratado no mais recente single da banda pernambucana Mazuli, que ganha intervenção de voz da cantora Sofia Freire. A música se chama "Preciosa", foi composta por Thiago Mazuli, Guilherme Barreto e Gabriel Magalhães e estará no próximo EP do grupo, "Desafogo".

“A música fala sobre tempo e sua ação sobre todos os seres e coisas, independente da vontade humana. Preciosa é a personagem criada para guiar toda essa reflexão. Ela pode ser qualquer um de nós. A letra fala sobre as dúvidas e medos que temos sobre o futuro, desde os de caráter mais pessoais, como o da velhice, da solidão e da angústia sobre os dias que virão, até as questões mais gerais como o receio do local para onde a humanidade parece caminhar política e ambientalmente. ‘Preciosa’ fala do tempo através de um jogo de palavras que 'brinca' com o passado e futuro, os entrelaçando e confundindo, buscando enfatizar o quanto, mesmo com as mudanças físicas, climáticas e culturais, continuamos a repetir erros e acertos de maneira cíclica. Esse clima de mistério, dúvida e angústia permeia a criação da música”, conta o vocalista da banda Thiago Mazuli.







Postar um comentário

0 Comentários