O que esperar para 2019? Confira os possíveis lançamentos

Foto: Divulgação

Dois mil e dezoito foi um ano intenso. Mas tanta intensidade refletiu nas músicas. Tivemos e teremos ainda neste finalzinho de mês muitos lançamentos interessantes. Mas o ano que vem não será diferente, principalmente pelas pistas já colocadas na mesa. Confira alguns dos prováveis lançamentos para 2019:

Humberto Gessinger

Após um período de lançamentos de singles não tão consistentes, de disco ao vivo em comemoração aos 30 anos de "A Revolta dos Dândis" e regravações de clássicos do "Filmes de Guerra, Canções de Amor" (editado em EP, nomeado "Canções de Amor, Filmes de Guerra", com novos acordes e letras para canções que eram inéditas na época de lançamento original), Gessinger já tem uma carta na manga para 2019. Um disco de inéditas. Segundo o cantor e multi-instrumentista gaúcho, o disco deve sair no segundo semestre do tão próximo ano. O último álbum do engenheiro é "Insular", de 2013.



Ednardo 

Faz tempo que o cearense Ednardo não lança um disco de inéditas. Para ser mais preciso, desde 1985, quando o eterno Pavão Mysteriozo lançou "Libertree". Ou seja, este será o primeiro álbum do artista em 33 anos. A produção do registro será feita pelo filho do cantor, Daniel Limaverde. O repertório inclui uma parceria com Belchior, artista que saiu de cena em 2017. A música se chama "Bip Bip" e foi apresentada no Festival Internacional da Canção (FIC), exibido pela Rede Globo, em 1972. Um dos discos mais esperados para 2019.

Barão Vermelho

Desde que o grupo carioca voltou à ativa, é prometido um disco de inéditas. Sem Frejat nos vocais e Rodrigo Santos no baixo, hoje o Barão é formado por Guto Goffi (bateria), Maurício Barros (teclados), Fernando Magalhães (guitarra), Rodrigo Suricato (vocais e guitarra) e Márcio Alencar (baixo). A projeção de um novo registro para o ano que vem ficou explícito com a edição em single de "A Solidão Te Engole Vivo", primeira faixa com Suricato nos vocais. Ficamos no aguardo.



Walter Franco

O criador de obras primas como "Feito Gente", "Coração Tranquilo", "Vela Aberta" e tantas outras estará de volta em 2019? Sim, é verdade. Ícone da vanguarda paulistana, Walter Franco já tem arquitetado o seu primeiro álbum em 18 anos (o último foi "Tutano", de 2001). O novo disco do cantor já tem nome, "LISTEN – ResiLIência e ResiSTÊNcia", e será gravado com o time de músicos: Daniel Kid (baixo), Diogo Franco (cítara), Gui Vitali (bateria e tabla), Luan Moraes (percussão), Raulito Duarte (guitarra) e Rod Jubeline (teclados). Expectativa grande.

Ira!

É fato que a banda de Nasi e Edgard Scandurra tem uma agenda lotada de shows. Mas é fato também que há uma promessa de um novo álbum desde que Scandurra e Nasi voltaram a dividir os palcos. Em entrevista ao G1, o vocalista do grupo revelou que pretendia lançar o disco neste ano.

"Nossa ideia era gravar em junho e julho, porque a gente achou que a Copa do Mundo ia fazer com que fizéssemos poucos shows. Mas aconteceu o contrário, tivemos mais shows ainda", disse Nasi. É, ficou para o ano que vem.

Foto: Lucas Lima

Jards Macalé

Tendo como degustação "Buraco da Consolação", single em parceria com Tim Bernardes, divulgado durante o programa Conversa Com Bial, Jards Macalé dá pistas do que será o seu novo disco. A gravação do registro foi feita com direção de Rômulo Froés e produção musical de Kiko Dinucci e Thomas Harres, nomes da cena contemporânea "Vila Madalênica" de São Paulo. Além de Tim, o álbum terá participações de Rodrigo Campos, Clima, Ava Rocha e os já citados Froés, Dinnucci e Harres.

Los Hermanos
Foto: Maurício Nahas

É, o grupo que divide opiniões públicas divulgou mais uma turnê "de reunião", em estádios gigantescos. Os shows são premissas para os fãs imaginarem um disco de inéditas. Será?

Pitty

A cantora baiana já deu pistas que o seu novo disco será um pouco diferente, porém, sem deixar as raízes de lado. A artista divulgou dois singles: "Contramão", em parceria com Emmily Barreto (Far From Alaska) e Tássia Reis (não convenceu muito) e "Te Conecta", um reggae radiofônico, que fala sobre as conexões do mundo atual.



Foto: Patrick Monteiro
Seu Jorge

Artista de timbre inconfundível, Seu Jorge está em Los Angeles, preparando o seu novo álbum, com repertório bilíngue (inglês e português). A produção é do renomado Mário Caldato Jr. O último registro de inéditas do cantor é Músicas para churrasco II, de 2015.

Edi Rock

Desde que o grupo Racionais MC's decidiu entrar em hiato, no final de 2017, Edi Rock entrou em processo de composição de seu novo álbum de estúdio, a ser lançado no ano que vem. O registro será o primeiro pela gravadora Som Livre. A ideia do artista é trabalhar com parcerias, assim como fez com Seu Jorge na música "That's My Way", lançada em 2012.

O terceiro disco de Edi Rock sucede o EP "Rapaz comum II", lançado em 1999 e o álbum "Contra Nós Ninguém Será", que chegou às ruas em 2013. O cantor e compositor paulistano, que está prestes a completar 50 anos de idade, assinou contrato com a Som Livre em agosto deste ano.

Marcelo Falcão

O primeiro single solo do ex-vocalista d'O Rappa, "Viver", não teve lá reações tão positivas. Mas é fato que o disco, co-produzido por Falcão e Felipe Rodarte (e quevai se chamar "Viver Mais Leve Que O A"r) será lançado pela Warner Music em janeiro de 2019. Aguardemos.

Comentários

Postar um comentário

Parceiro

Siga-nos no Facebook