Barão Vermelho enaltece a amizade contra os males da solidão em novo single

Foto: Leo Aversa

Quando o Barão Vermelho lançou "Torre de Babel", a primeira faixa com Roberto Frejat nos vocais, em 1986, o grupo passou um recado ao seu público: "estamos vivos". Este recado é passado novamente, porém em outras circunstâncias e, em outro sentido, no final deste 2018. Isto porque o grupo lançou a faixa "A Solidão Te Engole Vivo", a primeira inédita com o novo vocalista, Rodrigo Suricato.

A canção, que contém produção de Maurício Barros, tecladista original do grupo e letra de Guto Goffi, Fernando Magalhães e o próprio Barros, traz a força roqueira do grupo que sempre foi acostumado a tocar o mais alto possível, ao mesmo tempo que, sintetiza como que em uma balada, um assunto sensível e abrangente como a amizade em contraponto aos males da solidão.

"A Solidão Te Engole Vivo" não marca uma espécie de ressurreição do grupo carioca, tendo em vista o status do grupo diante da história da música brasileira, mas mostra, de uma certa forma, que o rock, que fala o português claro, inteligível para todos, ainda é possível e sobrevive.

A faixa foi gravada neste ano, nos estúdios Toca do Bandido e Estúdio 2, no Rio de Janeiro. O single é a primeira amostra de um prometido álbum de inéditas, ainda sem data de lançamento concreta, mas, muito provavelmente, que chega aos ouvidos do público no ano que vem.

Hoje o Barão Vermelho é: Guto Goffi (bateria), Maurício Barros (teclados), Fernando Magalhães (guitarra), Rodrigo Suricato (vocais e guitarra) e Márcio Alencar (baixo).

Confira "A Solidão Te Engole Vivo":



Comentários

Parceiro

Siga-nos no Facebook