Baseado em estética retrô, Vivendo do Ócio lança clipe para canção em italiano

Foto: Zoe Van Boekel

Se a Vivendo do Ócio estava com saudades da Bahia, as rotas calcadas pela banda, pelo menos no momento, romperam fronteiras continentais e chegaram até a Itália. Isto porque o grupo, que trabalha na produção de um quarto álbum de estúdio, gravou pela primeira vez uma canção em italiano. O single, intitulado "Il Tempo", ainda ganhou videoclipe especial, produzido com base em acervo pessoal de filmes em Super 8, formato cinematográfico eclodido em 1965.

"Sempre quis escrever uma música em italiano mas não tinha achado o gancho. Um dia estava na praia e compus 'Il Tempo', uma música romântica que traz o tempo como pano de fundo para a história de um romance" - conta o vocalista Jajá Cardoso.

A veia italiana, além de correr pelas veias de milhões de brasileiros, corre mais forte nos corpos dos irmãos Luca (baixo) e Davide Bori (guitarra), que têm pais italianos. "Em 2011 tocamos num dos maiores festivais de lá, o Italia Wave Love Festival, dividimos o palco com o lendário Lou Reed e fomos protagonistas de um filme chamado “Vive Le Rock”, dirigido por Alessandro Valenti, que rodou em grandes festivais mundo afora. Sempre tivemos muita vontade de compor em outros idiomas e por conta de toda essa conexão com a Itália isso se tornou concreto de uma maneira bem natural" - comenta Luca.

O vídeo de "IlTempo" foi dirigido pelos próprios irmãos Bori, em conjunto com Rodolfo Craia. O registro audiovisual só foi possível devido a colaboração de amigos presentes na Itália. “Quando vimos os vídeos em Super 8 pela primeira vez já pensamos que seriam perfeitas para o tema da música, misturar o presente e o passado trazendo um sentimento de quase como se o personagem principal pudesse reviver grandes momentos de sua vida ao percorrer um túnel do tempo” - conta Davide. 

Rodolfo, que também é personagem do clipe, completa: "O tempo é o tema da canção e desse filme, que mistura vida real e imaginária, onde tudo pode acontecer, passado e presente se confundem e se duplicam como em um espelho e a música é o prisma mágico que nos proporcionou essa viagem".

Confira o vídeo: 


Comentários

Parceiro

Siga-nos no Facebook