Luciane Dom valoriza cultura africana em prévias de disco que sai nesta sexta-feira

Foto: Andre Rola/Arte: Ronaldo Alves

Um corpo negro gigante toma conta da cidade. Em meio a uma sonoridade por vezes dura, concreta, e por vezes com um ritmo mais swingado, que traz como base as raízes africanas, uma voz doce viaja por entre seus ouvidos. Este é o tom que as faixas divulgadas até agora dão inicialmente para "Liberte Esse Banzo", primeiro álbum de Luciane Dom que chega às plataformas digitais nesta sexta, 08.

São no total sete faixas, sendo uma com Rubel ("Abraça Menina") e uma com o multi-instrumentista Carlos Malta ("Madeira e Sal"). Luciane, que nasceu em Paraíba do Sul mas é radicada no Rio de Janeiro, deixou em destaque a palavra banzo, termo de origem africana que nomeia o sentimento de tristeza, angústia e solidão dos escravos negros.

Mais do que relembrar uma palavra, Luciane deixa claro que o banzo ainda existe e por meio de sua poesia, a cantora anuncia um combate ao racismo e uma luta pela valorização da identidade negra. Confira o clipe de "Abraça Menina":



Comentários

Parceiro

Siga-nos no Facebook