Ao som do funk carioca, Caio Nunez vai de Madureira à Bagdá para estar com quem ama

Foto: André Rola

Baseado na sonoridade do funk carioca, o cantor Caio Nunez atravessa fronteiras para se encontrar com a pessoa que ama no single "Madureira à Bagdá". A canção, escrita e produzida por Caio, em parceria com Thiago Deodato, desenha a distância de inúmeros casais apaixonados, que fazem de tudo para se encontrarem no meio de tantos obstáculos.

“Essa canção é sobre o cara dizer que, mesmo com um dia a dia tão agressivo e cercado de caos, ele faz o que for para estar perto de quem ele ama. Isso dá sentido pra vida das pessoas. Movimenta sonhos. Inclusive, aconteceu comigo e me aproximou da arte”, explica o cantor.

A música ainda ganhou clipe, gravado no alto do "Pereirão", em um projeto chamado "Morrinho". As imagens mostram jovens felizes, dançando, no meio da comunidade.  “A gente quis mostrar que, apesar desse ambiente hostil, os pretos da periferia são, sim, reis e rainhas”, ressalta o artista.

Confira o vídeo: 


Comentários

Parceiro

Siga-nos no Facebook