Cantora francesa lança música gravada com os Boogarins e prepara EP todo em português

Foto: André Péniche

A cantora francesa Laure Briard lançou nas plataformas digitais o single "Cravado", letra em português escrita por Dinho, dos Boogarins, em conjunto com Flávia Carolina, irmã do músico. A faixa é resultado de uma temporada de Laure no Brasil. A cantora adentrou o estúdio Mestre Felino, em Mogi das Cruzes, para gravar o seu próximo EP, "Coração Louco".

O registro foi composto todo em português. Benke Ferraz, também dos Boogarins, assina a produção musical do disco, que ainda conta com Ynaiã como mais um dos convidados. "Janela" foi o primeiro single deste projeto que foi divulgado. A canção chegou aos ouvidos do público em abril. Já "Cravado", o mais novo single, é visto como um presente por Laure Briard.

"Escutei Dinho tocar a música na guitarra e na mesma hora me apaixonei. E ele simplesmente disse que poderia me dar para gravar. A letra fala muito o que estava sentindo no momento. É muito especial quando uma compositora lê os seus pensamentos e faz uma música, apesar dela não me conhecer”, conta a cantora.

“Essa talvez seja a música mais pop do EP. É um sambinha bem simples, mas bem carismático, por isso, já que não somos sambistas, optamos por um arranjo mais lo-fi captando Dinho e Ynaiã tocando ao vivo juntos na sala, violão e bateria respectivamente. A roupagem mais crua da canção junto do sotaque de Laure cantando as letras em português soaram especiais de cara”, conta Dinho, que compôs e tocou baixo na faixa.

Laure Briard está na área musical desde 2005. Seu primeiro EP foi lançado em 2013, com a ajuda de Julien Barbagallo, do Tame Impala, e publicado pelo selo Tricatel. No ano passado, a cantora realizou sua primeira turnê no Brasil, em parceria, justamente, com Benke Ferraz. Eles se conheceram durante o SXSW 2017, tocaram juntos no México e agora Laure só compõe em português.

“Eu escrevi e compus a minha primeira música em português durante uma noite quente de verão, um pouco antes da minha turnê no Brasil”, conta Laure. "Eu não conseguia dormir. Na época, eu estava aprendendo as músicas Garota de Ipanema e Meditacão de Jobim na guitarra. De repente achei que seria legal criar uma bossa nova com letras em português só por diversão. Eu nunca aprendi português, mas como escutava muita música brasileira as palavras estavam grudadas na cabeça. Já tinha um pouco das letras e melodia e os arranjos finalizamos nos ensaios em São Paulo”. Assim, nasceu “Janela”, relata Laure.

Confira "Cravado": 


Comentários

Parceiro

Siga-nos no Facebook