Kamau celebra 10 anos de "Non Ducor Duco" com show em São Paulo

Foto: Ênio Cesar

"Por que cê não rima?/Vai trabalhar!/"Matemática?/Rap é música?/E o Consequência?/E o Simples?/Quem?/ Tem talento/Rima nada/ Só pensa em rap/ Só/Da dinheiro isso?/Cadê o disco?/Faz um solo/ Vai ser foda!/ Zerado, hein/É isso, memo/ E aí?". Assim começa "Non Ducor Duco", um dos melhores álbuns de 2008, segundo a Rolling Stone, lançado por Kamau e que está completando 10 anos.

O disco contém participações ilustres, como Rael da Rima e KL Jay, e tem título instigante. A frase, em latim, significa "Não Sou Conduzido, Conduzo", e também estampa a bandeira da cidade de São Paulo.

O fato é que o álbum de Kamau, lançado há uma década, não se perdeu no tempo. A partir dele, o cantor conduziu sim sua história e colaborou intensamente para outras, como a de Rashid, Emicida e Rael.

Se o rap nacional vive um bom momento, é importante ressaltar a insistência por pessoas como Kamau. Se hoje não é fácil transgredir e manter o rap na crista da onda, há 10 anos, quando o estilo estava ainda menos em evidência e mais sujeito ao preconceito, era com certeza mais difícil. "Non Ducor Duco" merece muito ser celebrado, e o rap merece ainda mais conduzir a música nacional.

A celebração do disco acontece no Centro Cultural São Paulo, no próximo 28 de janeiro com uma banda formada especialmente para reproduzir as batidas originais nas apresentações que seguem (outros shows do álbum devem ser feitos). Confira serviço completo abaixo:


Serviço:
Kamau - 10 anos de Non Ducor Duco
Domingo, 28 de janeiro
Centro Cultural São Paulo - Sala Adoniran Barbosa
Rua Vergueiro, 1000 | São Paulo - SP
Ingressos: R$25 (inteira) | R$12,50 (meia entrada)
À venda na bilheteria do CCSP ou online via Ingresso Rápido
Das 18h às 19h30

Comentários

Parceiro

Siga-nos no Facebook