A "treta" pop e quente de Márcia Castro

Capa do álbum "Treta"

Pop, funk e trap marcam o quente e pop quarto álbum da cantora Márcia Castro, lançado na última sexta-feira, 20, pelo selo Joia Moderna, criado pelo DJ Zé Pedro. O disco é fruto de vários processos de mudanças na vida de Márcia. Fim de casamento, perda de residência, idas constantes à Bahia, terra natal da cantora, redescobrimento de sua sexualidade e um novo amor. É muita treta.

Mas enfim, temos o disco. Diferente dos três anteriores, "Treta" é muito mais pop, muito mais eletrônico, dançante, com mais tesão e molejo.

“É uma mutação, uma mudança em toda as esferas da minha vida. Treta, o disco, é uma espécie de diário a respeito da minha vida, de tudo o que aconteceu comigo desde 2015 e 2016. Está tudo ali”, conta a cantora ao Estadão.

O disco foi gravado no ano passado, em Salvador e São Paulo. Foi mixado e masterizado em Paris e conta com produção de Marcus Vaz e Monique Ferrari. As fotos são de Gui Paganini

Confira "Treta":



Comentários

Parceiro

Siga-nos no Facebook