Crítica social é cargo chefe em novo single do grupo Biliroots

Foto: Binho Dutra

Reflexões sobre preconceito e desigualdade social estão na nova canção do grupo Biliroots, "I&I", que antecipa o álbum de estreia do quinteto. Formada por Fued Abdu Neme (percussão), José Abdu Neme (bateria), Vinicius Barcelos (vocal), Rômulo Manhães (contra-baixo) e Thyago Almeida (guitarra), a banda aposta na poesia e nas raízes regueiras.

A banda já havia lançado a música "O Último Romântico", no ano passado, em parceria com Edu Ribeiro. Mas o no novo single marca uma profundidade maior em termos sociais.

“I&I' fala muito do cenário atual que vivemos, de discriminação. Algo que sempre existiu, mas que parece muito mais latente”, conta Vinicius Barcelos, vocalista e compositor da faixa. “Estávamos tocando numa ocupação cultural na nossa cidade e vimos pessoas nos chamando de vagabundos por estar lutando por direitos. Aquilo teve um impacto muito forte na gente. A Biliroots só falava de amor, mas nossas últimas músicas estão mais incisivas, acho que devido à nossa evolução de pensamento e ao que está acontecendo no mundo”, complementa.

O disco de estreia do grupo natural de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, está sendo gravado na Casa do Mato e produzido por Ronaldo Lima, consagrado produtor e engenheiro de som que já trabalhou com Cássia Eller, Lulu Santos, Caetano Veloso, Fernanda Abreu, Tim Maia, entre outros. Confira o Lyric vídeo de "I&I":


Comentários

Parceiro

Siga-nos no Facebook