Após viralizar no Spotify, Jade Baraldo lança clipe de "Brasa"

Foto: Divulgação

Delicada, misteriosa e sem meias palavras. Esta é Jade Baraldo no single "Brasa", primeiro de seu futuro álbum. A canção atingiu a marca de sete dias no topo do ranking de virais no Spotify. E agora ganhou videoclipe.

Jade é uma das apostas do programa Music Trends (Canal Bis) e foi semifinalista do The Voice Brasil, no ano passado. Sondada por grandes gravadoras, a cantora preferiu seguir independente. “Tenho muito respeito pela indústria, mas nem sempre esse respeito é recíproco e aprendi isso logo na aula 101. Saí enquanto era tempo, pra salvar meus sonhos, e devo muito ao carinho dos fãs que me apoiaram numa fase difícil”, conta a artista.

"Brasa" é uma composição de Jade, com produção do francês naturalizado Damien Seth (Emicida, MC Marechal, Rashid) e conta com o violino de Guilherme Pimenta. O clipe aposta na sensualidade e elegância para mostrar um pop moderno, com elementos de trap e uma letra com termos considerados machistas, com conotação mudada. Jade inverte o jogo e se posiciona no controle da situação, consciente dos perigos e complexidades, mas ainda assim, no controle de seus desejos.  “Minha música pode não agradar a todos, mas ela sempre vai ter um gosto forte. Se ninguém se arrepiar com aquilo, ou se surpreender, ou se emocionar, não me interessa. 'Brasa' é um hino ao desejo”, explica Jade. Foto: Brock Sanders

Foto: Marcus França

"Vadia, louca, depravada/ Te quero na cama, na rua /No carro, na escada /Lambe, esfria /Bate, esquenta.", diz o refrão de "Brasa". Segundo a cantora, machismo não é tema de suas canções. “Não existe nenhuma possibilidade de alguém, homem ou mulher, conseguir me diminuir com expressões como as que utilizo na letra. Não estou em luta pessoal contra nada, até porque não me sinto confrontada ou ameaçada. Mas o machismo ainda é dominante, ainda que menos visível, ele é mais cauteloso em se exibir, por causa das leis, da vigilância das mulheres, das redes sociais. Porém basta afrouxar um pouco esse cerco pra eles voltarem à zona de conforto e se fazerem presentes. O feminismo é totalmente necessário, a vigilância é totalmente necessária. Mas isso não é tema das minhas músicas", declara.

O videoclipe de Brasa foi produzido pela própria Jade em parceria com Marcus França. A canção é distribuída pela Agência Milk. Confira:




Comentários

Parceiro

Siga-nos no Facebook