Pequeno Cidadão chama as crianças para dançar em novo álbum

O grupo Pequeno Cidadão está prestes a lançar seu terceiro álbum de estúdio. "Vem Dançar" vai poder ser ouvido na íntegra no próximo 30 de setembro, e tem o propósito de deixar ninguém parado. O grupo faz música para crianças há 8 anos, e tem como integrantes o guitarrista Edgard Scandurra (Ira!), o produtor musical Antônio Pinto, a guitarrista e vocalista Taciana Barros, além dos seus respectivos filhos, que estudaram na mesma escola e influenciaram seus pais a caírem de cabeça no projeto. Também já fez parte da banda o vocalista Arnaldo Antunes, que agora vem trabalhando em sua carreira solo, porém não deixou de contribuir com as composições para o álbum.

Taciana Barros nos contou um pouco mais sobre o novo álbum, o propósito do mesmo, como as novas tecnologias afetam no universo infantil entre outros assuntos. Confira:

Foto: Divulgação





EB:  Vocês atuam no segmento de música infantil, você acha que a música destinada para esse público está escassa?
Taciana: Eu faço um trabalho de garimpo de música infantil por causa do meu programa semanal de música e dicas para crianças na Rádio Vozes, e eu acho que esse universo é bem rico, tanto atualmente como em trabalhos do passado. Tem muita coisa legal pra criança, talvez na área em que a gente atue tenha menos, porque a gente faz um som pop rock, um som com uma temática infantil somada a um arranjo instrumental mais complexo, resultando em uma sonoridade que poderia acontecer num show só para adultos numa boa. Mas o legal é essa diversidade mesmo. Também acho legal as crianças ouvirem "sons de adulto", como por exemplo,  Beatles, Michael Jackson, Rita Lee, Itamar Assumpção e tantos outros sons que elas podem curtir e entender.

EB:O novo álbum foi nomeado de “Vem Dançar”, esse nome já é um chamativo para as crianças se soltarem mais? E já pegando esse gancho, você vê que as crianças estão cada vez mais presas às novas tecnologias?
Taciana: Acontece que o mundo tecnológico está mesmo muito atraente, a criança tem uma infinidade de músicas, jogos, vídeos pra assistir num clique. Mas todos sabemos que dançar, cantar, brincar de pega-pega, jogar bola, nadar no mar, essas coisas, jamais serão superadas e são elas que ficam na nossa memória quando pensamos nos momentos divertidos da nossa infância. Por isso a ideia do Vem Dançar, que vem com a letra pra estimular os movimentos, fazendo a criança dançar numa coreografia até se soltar no refrão. Também falamos pra criança olhar para as Nuvens, que subentende-se ser pra tirar os olhos do celular e olhar para o céu (Olhe Para as Nuvens), surfar, andar de bike, ler, andar de skate, escovar os dentes e até pular no sofá! Criamos músicas com todos esses temas em nossos álbuns.


"Vem Dançar", primeiro single do álbum


EB: Algumas músicas do Pequeno Cidadão foram incluídas em novelas infantis, na música em geral, até que ponto essa vitrine é positiva? Você vê que dessa maneira a mídia pode influenciar o gosto musical das pessoas?
Taciana: É totalmente positivo porque leva nossa música pra dentro das casas diariamente. É um canal direto com a criança e ficamos mais independentes das rádios, que tem pouca programação infantil. A mídia influencia muito, mas o que os pais ouvem dentro de casa ou o que um amigo ou um irmão mais velho trouxer pra você ouvir, também pode te abrir muitos caminhos.

EB: O novo  álbum será lançado no próximo 30 de setembro, já tem uma turnê preparada para divulgação?
Taciana: Estamos montando o novo cenário e figurino pra cairmos na estrada a partir de novembro,​ e esperamos viajar bastante em 2017 com esse novo som, retornando e reencontrando nosso público e criando também um público novo que surge todo ano com novas crianças que nascem
​. 
 Passamos por muitos palcos incríveis com nosso show por todo o país. Por exemplo, tocamos no Circo Voador no mês passado, e foi o primeiro show infantil que rolou na história do Circo, que é um lugar importantíssimo pra cena do rock nacional. Ficamos muito felizes em tocar lá depois de tantos shows que já fizemos com nossas outras bandas, desta vez com um projeto infantil. E o interessante e gratificante é ver como as crianças piram no show, quando elas vem falar conosco ouvimos: "Uau!! Foi meu primeiro show de rock!!!"

Da esquerda para direita: Edgard, Taciana e Antônio
       Foto:Divulgação 

EB: Você acha que o ensino de música nas escolas deveria ser obrigatório? Se sim, no que a música contribui para a formação de um cidadão 
TacianaQuando eu era pequena eu estudava música na minha escola, mas era muito chata a aula, a gente tinha que cantar o Hino Nacional, essas coisas...
Por sorte, antes mesmo de entrar na escola (entrei só no pré, com 6 anos) aos 5 anos comecei a estudar piano erudito e também meus pais me colocaram aos 8 numa escola de música em grupo, aos 14 entrei para o CLAM, do Zimbo Trio, em SP. Mas hoje em dia eu vejo as aulas que meus filhos fazem na escola e morro de inveja, são muito legais e acho que elas são importantíssimas para o desenvolvimento da criança. Música trabalha tanta coisa no ser humano que é até difícil de explicar, mas tem matemática, tem poesia, tem concentração, descontração, percepção, trabalho em grupo, aprender a ouvir, aprender a criar, e assim vai, infinitamente. Sou totalmente a favor da música e dos esportes serem obrigatórios. Uma escola para criança sem música e sem esporte deve ser muito triste.

 "Vem Dançar" será distribuído pela MCD, e deve chegar nas lojas em outubro. Antes tudo poderá ser conferido pelas plataformas digitais, a partir de 30 de setembro. A produção foi feita por Antônio Pinto, tem participação especial de Arnaldo Antunes e mixagem de Mario Caldato, produtor dos Beastie Boys e Jack Johnson.

Faixas:
1.     Vem Dançar
2.     Menino Iluminado
3.     Terra, Vento, Fogo, Tempo
4.     Olhe Para as Nuvens
5.     Surfar
6.     Há Beleza em Tudo Isso
7.     Telefone
8.     Caveira Bagunceira
9.     Sakumekeuvô
10.    Mesmo Sem a Gente
11.    Galera do Fut
12.    Melô do Assobio
13.    Parque Augusta dos Anjos de Cara Suja

 Agradecemos à Taciana Barros e assessoria pela atenção e simpatia!



Comentários

Parceiro

Siga-nos no Facebook